Endocrinologia e Metabologia

O nome Endocrinologia é derivado do grego, endo = interno, e krino = separar, secretar, ou seja, “secreção interna”, referindo-se aos hormônios. Os hormônios são responsáveis pela manutenção do equilíbrio do nosso organismo, sendo essenciais para à vida.

Conheça as áreas de atuação:

Obesidade e sobrepeso: A obesidade representa um risco para a saúde das crianças e dos adultos. O tratamento orientado pelo especialista evita uma série de complicações.

Avaliação da composição corporal: é importante para se obter o estado nutricional de cada indivíduo. Dentre os métodos de análise da composição corporal, destaca-se o exame de Bioimpedância Elétrica, que consiste na passagem de corrente elétrica de baixa intensidade pelo corpo, determinando o percentual de gordura, massa muscular, nível de hidratação e taxa de metabolismo basal.

Diabetes: Se você tem excesso de peso, parentes com diabetes, hipertensão ou alterações de gordura no sangue, procure um endocrinologista. Você pode desenvolver diabetes! Mas se você bebe muita água, urina muito e perde peso pode estar diabético.

Colesterol e Triglicerídeos: A alimentação errada e algumas doenças podem levar ao aumento do colesterol e dos triglicerídeos em adultos e crianças. Com um tratamento adequado, o risco de futuras complicações cardiovasculares é reduzido.

Doenças da Tireóide: Nódulos ou aumento de volume do pescoço; nervosismo; insônia e alterações no ritmo intestinal; coração acelerado; perda ou ganho de peso; e excesso de frio ou calor podem revelar distúrbios da tireoide.

Doenças da Glândula Supra-Renal: Aumento de peso, estrias avermelhadas, pelos excessivos, pressão alta ou baixa, puberdade precoce, além do escurecimento da pele podem significar problemas na glândula supra-renal.

Doenças da Hipófise: Tumores da hipófise podem levar à presença de leite nas mamas, fora do período de amamentação, além de mudanças faciais, aumento do número do sapato, dores de cabeça e distúrbios da visão.

Doenças das Paratireóides, Osteoporose e Vitamina D: Dores nos ossos e fraturas frequentes podem significar enfraquecimento ósseo. Procure o seu endocrinologista. Ele pode diagnosticar e indicar o tratamento mais adequado.

Alterações hormonais na mulher: síndrome dos ovários policísticos, ausência ou excesso de ciclos menstruais, excesso de pêlos podem indicar alterações hormonais. Necessitam de investigação e tratamento adequado.

Ginecomastia e Andropausa: Os hormônios masculinos podem diminuir quando o homem envelhece. Nesse caso, algumas pessoas podem sentir cansaço, diminuição da força muscular e disfunção sexual, necessitando da ajuda do especialista para fazer reposição hormonal.

Nossos profissionais

Dra. Viviane  Vasconcelos

Dra. Viviane  Vasconcelos

  • Horário de atendimento
  • quarta-feira das 14:00 hs às 18:00 hs.

Formada pela Universidade do Estado do Pará (UEPA).
Residência Médica em Endocrinologia e Metabologia no Hospital Santa Marcelina.
Membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.
Especialista em Endocrinologia e Metabologia pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.